Logs do MySQL

Ambiente compartilhado

Devido ao volume de informações geradas nos logs, e os mesmos conterem informações de todas as bases de dados do servidor, não há como disponibilizarmos os logs para o cliente do ambiente compartilhado. Somente no ambiente dedicado, conforme abaixo.

Qualquer dúvida, entre em contato conosco através do Atendimento.

Ambiente Dedicado

No ambiente MySQL Dedicado Linux (com Gerenciamento pela Videobes), os logs são apresentados das seguintes formas:

Log de queries lentas (slow queries)

Todas as queries que demorarem mais de 10 segundos(padrão) para serem executadas serão registradas pelo MySQL no arquivo abaixo, que somente é acessível via SSH:

  • /home/SEULOGINDEFTP/logs/perf_mysql.log

Para visualizar o arquivo completo em seu terminal, digite*:

     cat /home/SEULOGINFTP/logs/perf_mysql.log 

ou para visualizar apenas as 50 últimas linhas do arquivo, e continuar acompanhando as novas queries registradas, digite:

     tail -fn50 /home/SEULOGINFTP/logs/perf_mysql.log 

Caso esteja realizando o procedimento acima e não esteja funcionando, utilize o caminhos abaixo:

Para visualizar o arquivo completo em seu terminal, digite*:

     cat /var/log/mysql/perf_mysql.log 

ou para visualizar apenas as 50 últimas linhas do arquivo, e continuar acompanhando as novas queries registradas, digite:

     tail -fn50 /var/log/mysql/perf_mysql.log 

Dica: Tecle Ctrl+C para sair do ‘tail’.

*Observação: Nunca utilize aplicativos editores de texto via console (Por ex: VI, VIM, NANO, MCEDIT, etc) para abrir os arquivos de log muito grandes.

Dica: Tecle Ctrl+C para sair do ‘tail’.

*Observação: Nunca utilize aplicativos editores de texto via console (Por ex: VI, VIM, NANO, MCEDIT, etc) para abrir os arquivos de log muito grandes.

Log de erros (log-error ou err-log)

O log de erro contém informações indicando quando o serviço foi iniciado e finalizado, e também qualquer erro crítico que ocorrer enquanto o serviço estiver executando. Por exemplo, se for identificado que alguma tabela que precisa ser verificada ou reparada. Essas informações serão registradas pelo MySQL no arquivo abaixo, que somente é acessível via SSH:

  • /home/SEULOGINDEFTP/logs/mysqld.log

Para visualizar o arquivo completo em seu terminal, digite*:

     cat /home/SEULOGINFTP/logs/mysqld.log 

ou para visualizar apenas as 50 últimas linhas do arquivo, e continuar acompanhando as novas informações registradas, digite:

     tail -fn50 /home/SEULOGINFTP/logs/mysqld.log 

Dica: Tecle Ctrl+C para sair do ‘tail’.

*Observação: Nunca utilize aplicativos editores de texto via console (Por ex: VI, VIM, NANO, MCEDIT, etc) para abrir os arquivos de log muito grandes.

Log Geral de Queries (general_log ou query-log)

O general_log contém todas as queries executadas em seu banco. Por conta disso, o mesmo não é habilitado por padrão, e somente habilitamos para casos de depuração e por tempo determinado.

Caso queira habilitá-lo, basta solicitar via chamado em nosso HelpDesk, informando o servidor e o intervalo em que deseja que seja habilitado.

Veja também


O artigo ajudou ?
SimNão

19 Comments

I precisely had to appreciate you again. I am not sure the things that I would’ve sorted out without these recommendations documented by you relating to that subject matter. This was the frustrating setting in my circumstances, but seeing your specialised approach you solved the issue took me to weep over joy. Extremely grateful for your guidance and in addition sincerely hope you comprehend what a powerful job that you’re doing educating many people through the use of your blog. I am sure you’ve never come across any of us.

Hmm is anyone else encountering problems with the pictures on this blog loading? I’m trying to find out if its a problem on my end or if it’s the blog. Any feed-back would be greatly appreciated.

Deixe uma resposta