Como Planejar o Marketing de Conteúdo? Veja dicas, vantagens e muito mais!

Estratégias de marketing são essenciais para impulsionar e consolidar uma marca. Existem diversas formas de marketing que podem ser usadas para promover e alavancar um negócio. Mas se você deseja obter resultados consistentes, precisa investir em boas estratégias de marketing de conteúdo. 

O marketing de conteúdo visa a produção de conteúdo online que seja relevante a ponto de atrair e engajar uma audiência qualificada, que se tornará consumidora regular do seu produto ou serviço. Mas você talvez se pergunte: Como planejar o marketing de conteúdo da minha empresa? 

Nesse artigo você vai aprender tudo que precisa saber para construir a sua estratégia de marketing de conteúdo da melhor maneira possível e ter sucesso no crescimento de sua empresa. Confira também dicas práticas que vão te ajudar a colocar em prática essa estratégia e monitorar os resultados.

Sobre o marketing de conteúdo

Para começar a entender como planejar o marketing de conteúdo, é importante compreender bem tudo que engloba a produção de marketing de conteúdo. Confira mais sobre isso a seguir. 

O que é o marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo foca na produção e distribuição de conteúdo relevante através dos meios digitais, direcionado às pessoas que são potenciais compradoras ou consumidoras daquele produto ou serviço. Você pode produzir conteúdo relevante em vários formatos: vídeos, blogposts, e-mail marketing, e-books, posts em redes sociais, etc. Esse conteúdo bem direcionado permite uma aproximação maior e constrói a confiança da sua audiência, gerando resultados em vendas e o fortalecimento da sua marca.  

Essa é uma estratégia de atração que está muito relacionada com os hábitos das pessoas, visto que hoje em dia a maioria usa a internet como meio de pesquisa antes de adquirir produtos ou serviços. Um bom conteúdo, que atraia, informe e direcione para a aquisição do seu produto ou serviço é o melhor caminho para o crescimento sólido do negócio. Aí entra a metodologia inbound. Confira mais a seguir. 

Metodologia inbound e planejamento do marketing de conteúdo

A metodologia inbound consiste em atrair o público de maneira sutil. Em vez de fazer uso de propagandas agressivas, anunciando de maneira aleatória na internet, o objetivo deve ser produzir conteúdo que atraia um público específico, que realmente tenha interesse naquele assunto.

A metodologia inbound visa descobrir quais são as dores daquele público específico, e apresentar as soluções de maneira envolvente e convincente. Os 4 pilares são: atrair, converter, vender e encantar. Uma vez que o visitante se interessa naquele conteúdo em seu site, blog ou rede social, você precisa continuar trabalhando passo a passo para que ele se torne um lead, ou seja, um cliente em potencial. Mas como planejar o marketing de conteúdo passo a passo? Veja a seguir.

Como planejar o marketing de conteúdo e dicas

É importante seguir alguns passos ao criar a sua estratégia. Cada passo é vital, pois te ajudará a ter pleno sucesso. A seguir, confira as dicas que te ajudarão a saber como planejar o marketing de conteúdo.

Analise profundamente a sua marca

A primeira coisa que você precisa definir é o conceito da sua marca. O conceito de uma marca é a sua identidade. Qual é o diferencial do seu produto ou serviço? O que você espera transmitir? Qual o seu posicionamento no mercado? A partir daí você deve estabelecer objetivos e metas, focando na  produção de conteúdos que realmente representem sua marca.

Ao produzir conteúdos digitais você deve ter em mente que eles influenciam muito na maneira como o consumidor enxerga a sua empresa, por isso sua linguagem precisa estar alinhada aos valores e propósitos do seu negócio. Ter essa visão o ajudará a entender bem como planejar o marketing de conteúdo.

Crie sua persona

Persona é a representação semifictícia do cliente ideal de um negócio. É uma descrição mais específica do que o público-alvo. A persona reúne as características que a tornam um potencial consumidor do seu produto ou serviço.  Para conhecer qual é a persona adequada ao seu negócio, é importante estudar seus clientes, observando quais são as características similares entre eles, tais como idade, hábitos, estilo de vida, profissão, etc. 

Vamos ver um exemplo. Imagine que você vende serviços de estética corporal. Ao observar e entrevistar clientes, você consegue formar a seguinte persona: Luiza (escolha um nome fictício), gerente comercial de 42 anos, que trabalha em período integral, gosta de sair aos finais de semana e ama ir à piscina e à praia, por isso busca com frequência tratamentos estéticos para se sentir mais bela e confiante, especialmente drenagem linfática e massagem modeladora. Ela gosta muito de pesquisar sobre tratamentos de beleza na internet, sempre em busca de novidades e resultados mais rápidos. 

Essa descrição detalhada do cliente ideal possibilita que você produza o tipo de conteúdo certo e com a linguagem mais adequada para atrair exatamente esse perfil. Daí, você pode construir cada elo do processo de venda, sabendo como planejar o marketing de conteúdo de maneira mais focada e certeira. 

Veja quem é seu público alvo

Público-alvo é uma definição mais ampla do grupo de consumidores que você deseja alcançar com suas estratégias de marketing de conteúdo. Para obter essas informações sobre seu cliente em potencial, é necessário que você faça uma segmentação, ou seja, pesquisas e análises de mercado para criar seu perfil de cliente ideal a partir de características semelhantes, que podem influenciar nas decisões de consumo, como idade, gênero, escolaridade, profissão, etc. 

Para exemplificar, imagine que você venda bermudas para ciclismo. Seu público-alvo poderia ser esse: Homens e mulheres, de 20 a 40 anos, casados ou solteiros, sem filhos, brasileiros, residentes na região sudeste do Brasil, com renda aproximada de R$ 5 a R$ 20 mil, ensino superior completo, preocupados com alimentação e saúde, com estilo esportivo, que buscam qualidade e o conforto em seus equipamentos esportivos. Com base nessas informações, você poderá avaliar como planejar o marketing de conteúdo de modo a atrair esse público-alvo específico para sua marca ou negócio

Crie uma rotina de publicações

Para que uma estratégia de marketing de conteúdo dê resultados, é necessário comprometimento e regularidade na criação de conteúdo. Se o seu público-alvo não receber seu conteúdo com frequência, ele dificilmente vai se encantar pelo seu produto ou negócio ao ponto de tomar uma decisão de compra. 

Algo que ajuda muito a manter regularidade em suas publicações é criar uma rotina, um calendário de criação de conteúdo. Primeiro defina quantas postagens, ebooks, vídeos ou outro conteúdo você julga necessário produzir e postar toda semana para desenvolver sua estratégia. Dessa forma você irá otimizar seu trabalho, sabendo como planejar o marketing de conteúdo de maneira organizada e eficaz. 

Otimize o seu conteúdo

Otimizar o conteúdo é fundamental ao utilizar as plataformas digitais. Se você deseja aprender de modo pleno a como planejar o marketing de conteúdo, é essencial saber fazer essa otimização. A otimização dos mecanismos de busca, também conhecida como SEO, é uma das melhores formas de ajudar o seu conteúdo a ser encontrado.

Visto que as pessoas procuram informações sobre produtos, serviços e respostas para suas dúvidas através de mecanismos de busca, como o Google, usar as técnicas de SEO podem contribuir muito para que seu conteúdo apareça entre os primeiros resultados de busca, que geralmente são os mais acessados. Assim seu conteúdo se torna muito mais visto, gerando mais engajamento e resultados. Algumas estratégias de SEO são o uso de palavras-chaves, organização das heading tags, o uso de backlinks, etc.

Promova seu conteúdo

Quando você ainda está aprendendo a como planejar o marketing de conteúdo, pode ser muito útil promover seu conteúdo. Além das ações estratégicas gratuitas, uma opção interessante, especialmente se você está iniciando seu negócio é a publicidade paga. 

Embora as estratégias de SEO sejam muito eficazes, elas geralmente necessitam de um certo tempo para começar a dar resultados maiores. Já as ações pagas impulsionam suas publicações nos mecanismos de buscas de maneira rápida, alcançando muitas pessoas dentro do seu público-alvo. Se você dispõe de um orçamento para marketing, invista em ações pagas, nos canais mais utilizados pelo seu público-alvo, como Instagram, Google, Youtube, Facebook, dentre outros.

Mensure os resultados

Para saber como planejar o marketing de conteúdo da melhor forma, é imprescindível mensurar os resultados. A mensuração de resultados no marketing de conteúdo é fundamental para que você verifique se as estratégias estão tendo o resultado esperado ou não. 

Observe se a audiência e engajamento estão aumentando e se o número de leads coletados tem sido satisfatório. Ao mensurar esses resultados, você vai compreender que tipo de conteúdo gera mais interesse entre os consumidores do seu negócio, permitindo que você faça ajustes. É preciso focar em métricas de análise que funcionam para a sua marca, dentro do seu nicho.

Faça o levantamento de palavras-chave

O uso de palavras-chave é fundamental para otimizar seu conteúdo nos mecanismos de busca. O termo palavra-chave (keyword) se refere a uma  palavra, ou conjunto de palavras, mais procuradas nos mecanismos de busca. 

Quando você insere essas palavras em pontos estratégicos do seu texto, os mecanismos de buscas conseguem “ler” essa informação, e priorizam sua publicação entre os resultados. Existem vários sites que oferecem informações a respeito das palavras-chave do momento. 

Utilize ferramentas de marketing de conteúdo

Existem ferramentas extremamente úteis que podem te ajudar a gerenciar e monitorar seus conteúdos, auxiliando para que você saiba como planejar o marketing de conteúdo do melhor modo. Veja algumas delas.

  • Ferramentas para blog: Se você administra um blog, usar uma dessas ferramentas auxilia demais no seu trabalho de gerenciamento. Essas ferramentas permitem que você crie uma estrutura de navegação, modere os comentários, altere o layout (aparência visual) do seu blog, acompanhe dados de acesso, como número de visitantes, perfil, etc. Uma dessas ferramentas mais conhecidas é o WordPress. 
  • Ferramentas para SEO: Certas ferramentas podem otimizar muito o seu trabalho na hora de planejar e executar uma estratégia de SEO. Essas ferramentas fazem a pesquisa de palavras-chave relacionadas a qualquer termo, avaliando o potencial de rankeamento de um conteúdo. Algumas das ferramentas mais usadas são: SemRush, Google Trends, Ubersuggest, etc.
  • Ferramentas para mídias sociais: Visto que grande parte do conteúdo da maioria das marcas é produzido para redes sociais, usar boas ferramentas de gestão de redes sociais faz a diferença.  Essas ferramentas possibilitam o agendamento de postagens, o monitoramento do alcance e engajamento da audiência e também a visualização de relatórios com resultados. Algumas delas são Hootsuite, Buffer e Postfity.
  • Ferramentas de automação: As ferramentas de automação ajudam muito a trabalhar os leads (clientes em potencial), auxiliando no envio de email marketing, na segmentação da base de leads, na criação de fluxos e em outras atividades. Algumas ferramentas bastante usadas nesse segmento são: Hubspot, RD Station e MailChimp.
  • Ferramentas de monitoramento: As ferramentas de monitoramento facilitam a análise de resultados da empresa, trazendo dados atualizados, de acordo com a fonte de tráfego: números por tráfego do seu blog ou site, tráfego vindo de email, tráfego vindo do orgânico (postagens que não são publicidade paga) e tráfego de redes sociais. Duas ferramentas bastante úteis nesse sentido são Google Analytics e Power BI.

Embora diversas ferramentas de SEO sejam gratuitas e não requer um aparelho potente para manuseá-las, saiba que um bom notebook é essencial para aguentar todos esses programas rodando simultaneamente em seu dispositivo. Não deixe de conhecer alguns notebooks profissionais para te ajudar a gerenciar estas ferramentas.

Caso esteja procurando economizar na compra de equipamentos para o trabalho, veja também os Melhores Notebooks com Bom Custo-Benefício.

Diminui o custo de aquisição de cliente

Ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo, tenha em mente que uma estratégia eficiente pode diminuir consideravelmente o custo de aquisição de clientes (CAC). Essa é uma métrica que mostra o valor que você tem investido nas áreas de Marketing e Vendas com o objetivo de conseguir um novo cliente.

Muitas empresas deixam de lado as estratégias de marketing de conteúdo, preferindo apostar em equipe de vendas ou prospecção e também em anúncios pagos. O resultado é que essas empresas até podem conseguir clientes, mas o valor investido (CAC) é muito alto, tornando essa estratégia insustentável a longo prazo. 

Mas aplicar uma boa estratégia de marketing de conteúdo pode mudar esse cenário. Reduz o CAC, visto que você irá direcionar bastante esforço na produção de conteúdo orgânico, com técnicas de ranqueamento nos mecanismos de busca, direcionado à sua persona e público-alvo. O resultado é um custo de aquisição de cliente bem mais baixo. 

Melhora a visibilidade da empresa

Uma estratégia eficaz de marketing de conteúdo vai melhorar significativamente a visibilidade de sua empresa. A exposição de conteúdos através de mídias digitais tornará sua marca conhecida para um grande número de pessoas que formam seu público-alvo. 

Se um potencial cliente lê seu blog, sempre visita seu site ou acompanha seus conteúdos por meio das redes sociais, ele cria empatia por sua marca, visto que já tirou proveito de dicas e orientações que você deu por esses meios. A probabilidade dessa pessoa escolher o seu produto ou serviço é muito maior, visto que há essa identificação. Por isso é tão necessário aprender a como planejar o marketing de conteúdo de uma maneira que encante a sua audiência. 

 Impulsiona a geração de leads

Uma estratégia bem feita de marketing de conteúdo pode impulsionar bastante a geração de leads, ou seja, clientes em potencial. Quando você gera conteúdo útil e informativo para sua audiência e depois busca ter uma interação com essas pessoas, muitas delas fornecem seu e-mail ou outras formas de contato. 

Se a estratégia for bem acertada, isso acontece de modo bem natural. Daí você e/ou sua equipe podem enviar conteúdos mais específicos, levando por fim à decisão de compra . Além disso, uma estratégia sólida continuará trazendo resultados a longo prazo, gerando tráfego e leads.

Estabeleça objetivos e metas

Objetivos e metas são fundamentais para obter sucesso e definir exatamente como planejar o marketing de conteúdo. Os objetivos são os propósitos que você pretende alcançar com sua estratégia. Alguns desses objetivos podem ser: tornar a marca mais conhecida, aumentar as vendas, construir uma audiência mais qualificada, dentre outros. 

As metas tendem a ser mais específicas, de modo que você pode estabelecer metas ao produzir o conteúdo em si, como adequar a linguagem ao público-alvo ou  expandir os canais de distribuição de conteúdo. Se você mantiver a disciplina e o foco ao buscar alcançar suas metas e objetivos, o resultado será um sucesso. 

Empenho e compromisso

Para que qualquer estratégia dê resultados é preciso empenho e compromisso, primeiro ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo, e depois em aplicar na prática. É necessário foco e persistência em produzir conteúdo relevante para sua audiência. 

Para isso, é essencial usar métricas para avaliar o que está dando certo e o que precisa melhorar. 

Visto que produzir conteúdo toma tempo e exige empenho, muitos têm dificuldade em manter esse compromisso. Por isso é essencial que você sempre relembre os propósitos do seu negócio e como deseja influenciar a vida das pessoas de maneira positiva. Pensar nisso com certeza o ajudará a recuperar o ânimo e seguir com suas estratégias. Não tenha medo de mudar algo em sua estratégia. Somente assim será possível ir ao encontro dos resultados. 

Vendas

O aumento nas vendas é uma consequência natural de uma boa ação de marketing de conteúdo. Isso ocorre porque a atração, encantamento e identificação da sua persona com seus conteúdos vai gerando confiança, até que você consiga fechar a venda propriamente dita. 

Mesmo os conteúdos focados em atrair a atenção colaboram muito para reter aquela pessoa em sua base, para uma posterior captação de lead. E cada lead que é obtido através do marketing de conteúdo é valioso – um cliente em potencial, de acordo com seu público-alvo.

Compartilhamento e curtidas

Ter uma estratégia de marketing de conteúdo para redes sociais é algo importante, em vista da quantidade absurda de pessoas que estão conectadas a todo momento. É mais fácil alcançar tais pessoas quando você aprende como planejar o marketing de conteúdo adequado para as redes sociais. 

Os compartilhamentos e curtidas são métricas bastante importantes para mensurar qual está sendo o envolvimento do seu público-alvo, visto que estão relacionadas diretamente com o engajamento que o conteúdo gera em seu público. As curtidas, ou likes também são muito importantes para medir qual é a reação das pessoas em relação ao seu post, e também qual é o grau de engajamento das pessoas que visualizam o conteúdo. 

ROI

A sigla ROI significa Retorno sobre investimento. No marketing digital, isso envolve a relação entre o valor de venda, custo do produto vendido e gastos em marketing, como equipe, mídia e ferramentas. 

Medir o ROI é essencial  para o controle do orçamento destinado a ações de marketing, dando uma perspectiva dos custos de suas estratégias de marketing. Para calcular o ROI de sua empresa, pegue a receita gerada por um determinado conteúdo e divida pela soma de todos os custos envolvidos na produção e distribuição desse material. De modo geral, se o resultado desse cálculo for maior que 1 o conteúdo é rentável, mas se for menor que esse valor não está dando o lucro esperado. 

Esse cálculo pode ser realizado também de maneira geral, com todos os seus conteúdos, para avaliar se o negócio está positivo. É importante lembrar que se você possuir uma ação de marketing de conteúdo bem completa e sólida, seus custos com marketing serão bem menores. 

Quais as vantagens de investir em marketing de conteúdo

Aprender a como planejar o marketing de conteúdo pode trazer vantagens incríveis para seu negócio. Veja a seguir algumas das grandes vantagens que você pode obter ao produzir conteúdo direcionado na internet.

Reduz o custo do marketing

Uma das grandes vantagens do marketing focado em produção de conteúdo na web é que esse tipo de estratégia é direcionada ao público certo, o que permite uma identificação mais profunda. Os anúncios em mídias tradicionais (como TV, rádio, outdoor) são bem caros e nem sempre dão resultados, visto que a comunicação é bem ampla, geralmente não alcançando o público-alvo que realmente se interessa por aquele produto ou serviço. 

Assim, ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo, lembre-se que as estratégias certas para a produção de conteúdo darão muitos frutos, reduzindo também os custos de marketing da sua empresa.

Aumento do tráfego do site

Se você tem um site ou blog, investir no marketing de conteúdo pode melhorar de forma positiva o seu tráfego, ou seja, a quantidade de acessos que você recebe. De acordo com uma pesquisa do Content Trends no ano de 2019, as empresas que usavam estratégias de marketing de conteúdo tiveram, em média, 2,2 vezes mais visitas que as empresas que não usavam essa estratégia. 

Esse é um ponto interessante ao considerar como planejar o marketing de conteúdo. Se você usar as técnicas de SEO o seu conteúdo responder de maneira plena as dúvidas do seu público-alvo, a possibilidade dele aparecer nos primeiros resultados em pesquisas é muito grande. 

Educa o público-alvo

Outra vantagem bastante interessante em aprender a como planejar o marketing de conteúdo é que essa estratégia educa o público alvo. A produção de conteúdo permite uma conversa amigável e direta com a sua persona. Através de conteúdo escrito, em vídeo ou de outras formas, é possível apontar as melhores soluções para as dores relacionadas àquele assunto e corrigir idéias ou expectativas erradas que muitos têm em relação àquele produto ou serviço.

Através do conteúdo você também pode estimular o desejo de adquirir seu produto ou serviço. Dessa forma, pense em como educar seu público alvo, para aproximá-lo ainda mais da sua marca.

Aumenta as vendas

Se você passar informações relevantes para sua audiência e souber direcioná-las, poderá conseguir muitos clientes para o seu negócio. E com o passar do tempo a autoridade da sua marca irá aumentar, e você vai atrair ainda mais clientes. 

Inclusive, seus próprios clientes poderão ajudar na promoção da sua marca de livre e espontânea vontade, recomendando com prazer os seus serviços. Com foco e empenho em aprender a como planejar o marketing de conteúdo, você poderá obter os melhores resultados possíveis 

Melhora o desempenho

Investir em uma estratégia de marketing de conteúdo pode, além de melhorar o seu negócio, te ajudar a desenvolver características fundamentais para gerenciar e manter um negócio, como o empenho, foco, paciência, resiliência, facilidade de adaptação e criatividade. 

Com certeza, ao avaliar como planejar o marketing de conteúdo e colocar tudo em prática, você estará adquirindo habilidades que serão muito úteis em sua vida profissional. 

Fideliza o cliente

Uma das vantagens excelentes do marketing de conteúdo sobre as outras estratégias de marketing é que geralmente é mais fácil fidelizar o cliente. Desde o momento em que o cliente é atraído ao seu conteúdo até a venda ele se sente mais próximo da empresa, visto que aprendeu muitas coisas e teve suas dúvidas respondidas. 

De modo que é mais provável que ele se sinta satisfeito após a compra e se torne um cliente fiel. Isso aumenta o lifetime-value, que é o valor total gasto por um cliente em sua empresa. A possibilidade do cliente consumir mais é grande, visto que ele confia na sua marca. 

Funil de vendas e o marketing de conteúdo

O funil de vendas ilustra de maneira prática todo o processo de venda de um produto ou serviço, desde o primeiro contato até o momento da venda. Confira abaixo cada aspecto do funil de vendas com mais detalhes.

Conteúdo para topo do funil

O topo de um funil é bem maior. Assim ele ilustra bem a etapa inicial, de atrair pessoas. É a etapa de descoberta. Nesse estágio, a pessoa não está convencida do que quer, nem está procurando soluções para um problema, ela está apenas interessada em se informar sobre aquele assunto. 

O objetivo dos conteúdos para o topo do funil é atrair a atenção dessas pessoas para que possam se identificar com um problema ou dor relacionados àquele assunto, algo que prenda a atenção dela e a leve para dentro do processo de venda. 

Ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo para o topo do funil, é importante lembrar que esse conteúdo precisa ser simples, envolvente e claro, visto que é direcionado para alcançar pessoas que ainda não conhecem sua marca. Se esse conteúdo for realmente atrativo, é bem provável que seu público-alvo continue a consumir seus próximos conteúdos. Alguns exemplos de conteúdos para o topo do funil são posts de blog, posts em redes sociais, vídeos, podcasts e ebooks.

Conteúdo para meio do funil

O meio do funil é um pouco mais afunilado, o que ilustra bem a etapa de reconhecimento e consideração em um processo de vendas. As pessoas que fazem parte da sua persona e estão no meio do funil já estão conscientes de um problema ou dor relacionada ao seu produto ou serviço. Elas estão buscando a solução.

É aí que entram os conteúdos que visam a aquisição de leads, como ebooks de meio de funil, webinars gratuitos ou posts mais focados em soluções. Visto que nesse caso o público-alvo está decidido a buscar uma solução para seu problema é mais fácil captar dados, como email ou telefone, através de formulários e páginas de captura. Ao avaliar como planejar o marketing de conteúdo, pense em quais conteúdos de meio de funil serão úteis em seu negócio.

Conteúdo para fundo do funil

O fundo do funil é a parte mais afunilada dele e ilustra bem a etapa da decisão de compra. Nesse ponto, a pessoa já está pensando em adquirir aquele produto ou serviço. A persona que está no fundo do funil está avaliando opções e está em busca de informações para tomar a decisão de compra. Por isso, o conteúdo produzido para o fundo de funil precisa ser focado em oferecer o produto ou serviço e ressaltar seus diferenciais. Links que direcionam para páginas e oferecem descontos atraentes também costumam funcionar bem para converter vendas. 

Outro tipo de material que funciona bem são os chamados cases de sucesso, em que pessoas contam as experiências positivas que tiveram ao adquirir aquele produto ou serviço. Se pessoas relacionadas ao seu público alvo contarem como sua empresa resolveu o problema dela, alguém no fundo do funil pode se identificar e consolidar a compra. De modo que você precisa buscar ideias de conteúdo desse tipo ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo. 

Conteúdo para o pós-venda

A produção de conteúdo não acaba na venda. É bastante importante produzir conteúdo pós-venda que fidelize seu cliente. O pós-venda é a etapa de retenção. A atenção no pós-venda é essencial para que o cliente se sinta satisfeito e continue consumindo seu produto ou serviço. 

Por exemplo, pode produzir conteúdo focado em como usar, limpar ou dar manutenção naquele produto. Se for um serviço, você pode continuar oferecendo informações relevantes e novidades, descontos especiais e planos vips. Poderá usar os melhores meios que tiver para manter esse contato com seu cliente, especialmente através de e-mails, redes sociais ou aplicativos de mensagem. 

Escolha os tipos de conteúdos e canais

Conhecer bem os tipos de conteúdo e quais são os canais de distribuição é crucial ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo. Aprenda mais a seguir. 

Blog

Postar em um blog oferece muitas possibilidades, visto que é possível inserir diversos tipos de conteúdos: texto, infográficos, links para vídeos, etc. Um blog também pode conter links que levem à páginas de captura de leads. 

Assim, avalie a possibilidade de criar um blog ao pensar em  como planejar o marketing de conteúdo. Visto que o blog é de propriedade sua, você pode utilizar o espaço mais livremente, usando as estratégias que achar mais apropriadas para aumentar seu tráfego.  

E-mail

O e-mail é um dos canais mais úteis em uma estratégia de marketing digital, visto que permite uma comunicação direta com o lead, tem baixo custo e torna possível que você tenha certeza que aquele conteúdo realmente foi entregue ao destinatário. Além disso, é possível utilizar ferramentas específicas de análise para descobrir quantas pessoas abriram e clicaram na sua mensagem.  O e-mail marketing possui altas taxas de conversão, ou seja, dá resultados efetivos em vendas e fidelização de clientes. Desse modo, ao verificar como planejar o marketing de conteúdo, inclua estratégias focadas nesse canal de distribuição. 

Vídeos

 

Os conteúdos em vídeo são bastante populares atualmente, visto que são materiais audiovisuais, que prendem a atenção. Outra vantagem do vídeo é que ele torna possível desenvolver um relacionamento mais próximo com seu público-alvo e até influenciar no seu lado emocional. 

Visto que você ou sua equipe podem fazer vídeos conversando com a audiência e dando dicas, isso pode construir a autoridade de sua marca de maneira mais rápida. Outra vantagem dos conteúdos em vídeo é que eles são de fácil acesso em vários tipos de dispositivos, como computadores, smartphones, tablets etc. De modo que esse é um excelente canal de comunicação em que vale a pena investir. Dê uma olhada também nas 16 melhores câmeras fotográficas para criar vídeos incríveis e impulsionar seu conteúdo.

Ao analisar como planejar o marketing de conteúdo, pense na criação de e-books. Os e-books são livros digitais menores, que oferecem conteúdo rico e mais aprofundado sobre o assunto relacionado à sua marca ou produto. Eles podem ser usados para o topo ou meio de funil. 

Um bom e-book prende a atenção e ensina algo valioso e realmente útil ao leitor, deixando um gostinho de quero mais. Isso desperta curiosidade e prepara o cliente em potencial para os próximos passos do processo de vendas. Dessa forma, pense na possibilidade de criar e-books ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo.

Redes sociais

Produzir conteúdo para as redes sociais é absolutamente necessário em uma estratégia de marketing de conteúdo. Hoje em dia, as redes sociais são extremamente populares, e muitas pessoas gastam muitas horas do seu dia no Instagram, Facebook, Twitter, etc.

Alguns benefícios dessas plataformas são a divulgação da sua marca, engajamento da sua audiência, viralização de conteúdos, oportunidades para vendas, etc. De forma que se você preparar conteúdos realmente interessantes e com a linguagem adequada, as redes sociais serão poderosos canais de distribuição de conteúdo para sua marca. Outra dica é nunca deixar de gerenciar as redes sociais revisando pelo celular também, pois 90% dos usuários dessas redes irão acessar o seu conteúdo na

versão mobile. Veja também os Melhores Celulares para Trabalho e veja quais dispositivos são essenciais para o marketing de conteúdo.

Compreenda melhor o marketing de conteúdo para melhorar sua empresa!

Como vimos nesse artigo, ter uma boa estratégia de marketing de conteúdo faz toda a diferença em aumentar os resultados da sua empresa. Pensar em como planejar o marketing de conteúdo e aplicar o planejamento vai possibilitar que você alcance o público mais adequado, construa a sua marca como autoridade no mercado e atraia seu potencial cliente, levando à venda e fidelização desse cliente. 

As estratégias de marketing de conteúdo são comprovadamente reconhecidas como muito eficientes para conquistar e manter uma boa base de clientes. Portanto, tenha dedicação e foco ao produzir marketing de conteúdo para sua empresa. Use as informações e dicas desse artigo como guia para criar a melhor estratégia para o seu negócio e colocá-la em prática. Dessa forma, com certeza você terá uma marca reconhecida, cada vez mais sucesso e o crescimento do seu negócio!

Os conteúdos em vídeo são bastante populares atualmente, visto que são materiais audiovisuais, que prendem a atenção. Outra vantagem do vídeo é que ele torna possível desenvolver um relacionamento mais próximo com seu público-alvo e até influenciar no seu lado emocional. 

Visto que você ou sua equipe podem fazer vídeos conversando com a audiência e dando dicas, isso pode construir a autoridade de sua marca de maneira mais rápida. Outra vantagem dos conteúdos em vídeo é que eles são de fácil acesso em vários tipos de dispositivos, como computadores, smartphones, tablets etc. De modo que esse é um excelente canal de comunicação em que vale a pena investir. Dê uma olhada também nas 16 melhores câmeras fotográficas para criar vídeos incríveis e impulsionar seu conteúdo.

Ao analisar como planejar o marketing de conteúdo, pense na criação de e-books. Os e-books são livros digitais menores, que oferecem conteúdo rico e mais aprofundado sobre o assunto relacionado à sua marca ou produto. Eles podem ser usados para o topo ou meio de funil. 

Um bom e-book prende a atenção e ensina algo valioso e realmente útil ao leitor, deixando um gostinho de quero mais. Isso desperta curiosidade e prepara o cliente em potencial para os próximos passos do processo de vendas. Dessa forma, pense na possibilidade de criar e-books ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo.

Redes sociais

Produzir conteúdo para as redes sociais é absolutamente necessário em uma estratégia de marketing de conteúdo. Hoje em dia, as redes sociais são extremamente populares, e muitas pessoas gastam muitas horas do seu dia no Instagram, Facebook, Twitter, etc.

Alguns benefícios dessas plataformas são a divulgação da sua marca, engajamento da sua audiência, viralização de conteúdos, oportunidades para vendas, etc. De forma que se você preparar conteúdos realmente interessantes e com a linguagem adequada, as redes sociais serão poderosos canais de distribuição de conteúdo para sua marca. Outra dica é nunca deixar de gerenciar as redes sociais revisando pelo celular também, pois 90% dos usuários dessas redes irão acessar o seu conteúdo na

versão mobile. Veja também os Melhores Celulares para Trabalho e veja quais dispositivos são essenciais para o marketing de conteúdo.

Compreenda melhor o marketing de conteúdo para melhorar sua empresa!

Como vimos nesse artigo, ter uma boa estratégia de marketing de conteúdo faz toda a diferença em aumentar os resultados da sua empresa. Pensar em como planejar o marketing de conteúdo e aplicar o planejamento vai possibilitar que você alcance o público mais adequado, construa a sua marca como autoridade no mercado e atraia seu potencial cliente, levando à venda e fidelização desse cliente. 

As estratégias de marketing de conteúdo são comprovadamente reconhecidas como muito eficientes para conquistar e manter uma boa base de clientes. Portanto, tenha dedicação e foco ao produzir marketing de conteúdo para sua empresa. Use as informações e dicas desse artigo como guia para criar a melhor estratégia para o seu negócio e colocá-la em prática. Dessa forma, com certeza você terá uma marca reconhecida, cada vez mais sucesso e o crescimento do seu negócio!

O artigo ajudou ?
SimNão