Sempre que você atualiza seu site, ou faz uma reorganização nas categorias e tags, como falamos no último artigo, por um pequeno deslize você pode acabar deixando a “sujeira” pelo caminho.

Sujeira nesse caso são registros que podem, com o passar do tempo e acúmulo de registros desse tipo, podem transformar a sua base de dados num peso considerável para seu serviço de hospedagem e prejudicar o desenvolvimento de seu WordPress.

Esses registros vão desde rascunhos de artigos salvos pela opção de salvamento automático, há tags ou categorias que não são mais usadas depois das tantas mudanças de sua estrutura de conteúdo.

A solução para isso é bem simples. O Plugin WP Clean Fix cumpre a tarefa de verificação, reparação, reparar e otimizar o seu WordPress com louvor.

Esse é com certeza o plugin com o qual você pode fazer uma “limpeza da casa”, poderoso e um layout melhorado para última versão 3.0.2, uma vez instalado, você pode acessa suas funcionalidades diretamente no menu da sua área de administração.

Como bom administrador de um site WordPress antes de executar essa ou qualquer ferramentas que pretendem “limpar” seu banco de dados e otimizar o WordPress, sempre faça um backup do seu WordPress, principalmente de seu precioso banco de dados.

 

Revisions (Revisões dos Posts) – Estes registros podem se acumular aos montes ao longo do tempo, conforme você faz mais atualizações e mudanças em seus posts ou páginas, mais registros desse tipo são criado. Há também na configuração do wp-config.php uma opção que pode ajuda-lo a reduzir o volume desse tipo de registro.

Auto Draft – São as cópias de segurança que o sistema faz enquanto você está no modo de edição de posts ou páginas, também conhecido como auto salvamento. É um importante recurso, por se tratar de uma segurança no caso de se perder um post que você trabalhou por horas, no caso desse recurso não estar lá para salvá-lo automaticamente. E assim como as revisões dos posts, estes podem acumular e por fim ocupar um espaço valioso no banco de dados.

Trash (Lixeira) – Ninguém gosta da lixeira, mas todo mundo que gosta de usá-la. Esta opção irá ajudá-lo a limpar todos aqueles posts e registros que fora excluídos, mas não removidos da lixeira, isto é, excluídos definitivamente.

Posts without Users (Posts sem Autor) – Se por algum motivo você apagou um usuário diretamente na base dados, os artigos e páginas criados por esse usuário ficam sem um autor. Apesar disso não acontecer frequentemente é sempre bom ter essa opção disponível, ou vinculá-los a outro usuário.

Orphan attachments (Anexos Órfãos) – Esse é um fato mais comum, quando se apaga um post ou página e os arquivos anexados a ele, como imagens, por exemplo, ficam sem um local para serem exibidas, isto é, ficam abandonadas no sistema de arquivos do seu site.

Orphan post meta (Meta de Post Órfãs) – É possível que alguns atributos de Posts ou Páginas sejam perdidos após a exclusão de um post ou ainda a modificação na configuração de seus plugins, com isso essas informações acumulando no sistema seu banco de dados pode ficar mais pesado. É uma ótima função do plugin.

Temporary (Temporários) – São registros que são salvos pelo sistema até sejam utilizados ou não pelo usuário, mas que às vezes ficam vagando pelo banco de dados sem nenhuma utilidade.

Orphan user meta (Meta de user Órfãs) – Assim como o Orphan post meta, porém esses dados seriam relacionados com o usuário.

TERMOS E TAXONOMIAS

São todas opções relacionadas termos e taxonomias de registros de posts que por algum motivo não estão mais linkados aos registros de origem, passando a ser informação inválida no sistema e que pode se apagada.

OTIMIZANDO SEU BANCO DE DADOS

Esta opção apesar de ser primeira a aparecer no plugin deve ser a última a ser utilizada, pois caso você use uma das funções acima, terá que novamente otimizar o banco de dados.

É uma excelente opção para você não precisar acessar seu banco de dados para fazer a otimização de suas tabelas.

CONCLUSÃO
WP Cleanfix é um plugin fantástico para otimizar o desempenho do seu banco de dados do seu WordPress. Com uma interface melhorada na última versão, ficou faltando a opção de agendamento de alguma das funções em intervalos regulares.

É importante prestar atenção se há um grande número de posts, páginas, comentários, etc, para excluir, pois devido a restrições na maioria dos provedores de hospedagem, como tempo de execução de tarefas do PHP, podem impedir que o plugin complete algumas das tarefas maravilhosas este pode fazer.

De qualquer forma o plugin WP Cleanfix deve ser usado com frequência em suas instalações WordPress.

Esse artigo ajudou você?

Comente sobre este conteúdo! Escreva o que pensa, complemente, vamos discutir. O conhecimento é livre!