PostgreSQL bytea

Importar imagens em campos bytea no PostgreSQL 9.1

Caso enfrente problemas ao importar imagens em campos bytea, verifique a versão do PostgreSQL de destino, pois na versão 9.1 o ‘bytea_output’ é ‘hex’ e não o tradicional ‘escape’.

Para verificar a versão de seu Postgres rode o comando:

select version();

Caso a versão seja 9.1 você pode alterar o ‘bytea_output’ para ‘escape’ com o comando:

ALTER DATABASE <nome_banco> SET bytea_output=’escape’;

Veja também



Como obter as informações de acesso a minha base de dados PostgreSQL (host, usuário, senha, nome da base, etc)?

PostgreSQL bytea Acesse seu Painel de Controle, informando usuário e senha;

PostgreSQL bytea Em Hospedagem de Sites, clique no link Site, da hospedagem desejada, conforme imagem abaixo:

PostgreSQL bytea

PostgreSQL bytea No término da página, em Banco de Dados Compartilhado, clique na imagem do PostgreSQL, como no exemplo abaixo:

PostgreSQL bytea

PostgreSQL bytea Clique no nome da base desejada;

Observação: As bases de dados instaladas atualmente não possuem restrição de acesso por IP, sendo desnecessário qualquer configuração para realizar o acesso.

Encoding

O Encoding criado por padrão para a sua base é latin1. Caso queira solicitar a alteração do Encoding, abra um chamado em nosso Help Desk na categoria PostgreSQL com a solicitação. IMPORTANTE: Este processo faz com que todos os dados do banco sejam apagados e o banco recriado.

Conexão à base de dados

As instruções para conexão via PHP e JSP/Servlets (JDBC) podem ser obtidas também em nosso Wiki:

Veja também



Criando e Administrando uma Tabela no POSTGRESQL

Para criar uma tabela chamada teste com campos coluna1 e coluna2 basta executar o comando SQL abaixo:

CREATE TABLE "tabela" (  "coluna1" varchar(40),  "coluna2" varchar(40)  ) ;  

Para inserir valores na tabela criada, basta executar o comando SQL abaixo:

INSERT INTO "tabela"  ("coluna1", "coluna2")  VALUES ('teste1', 'teste1');  

Trabalhando com os Dados Presentes no Banco

Primeiramente vamos testar a conectividade com o banco PostGreSQL usando o script abaixo:

<?  if(!@($conexao=pg_connect ("host=HOST dbname=BANCO port=5432 user=LOGIN password=SENHA")))  {  print "Não foi possível estabelecer uma conexão com o banco de dados.";  } else{ pg_close ($conexao);  print "Conexão OK!";  } ?> pg_connect(); função para conexão ao PostGreSQL.  pg_close(); fecha a conexão ao banco.  
  • Host: caminho do servidor (não utilize ‘localhost’ e sim ‘postgres01.DOMINIO’)
  • Login: usuário utilizado na conexão ao banco de dados PostgreSQL
  • Senha: senha do banco de dados PostgreSQL

Recuperando Dados do Banco PostgreSQL

Para executar comandos em um banco de dados PostgreSQL, utilizamos a função pg_exec();

<?  if(!@($conexao=pg_connect("host=HOST dbname=BANCO port=5432 user=LOGIN password=SENHA")))  {  print "Não foi possível estabelecer uma conexão com o banco de dados.";  }else{   $sql = "SELECT coluna1, coluna2 FROM tabela";  $result = pg_exec($conexao, $sql);   /* Escreve resultados até que não haja mais linhas na tabela */  for($i=0;  $consulta = @pg_fetch_array($result, $i); $i++) {  print "Coluna1: $consulta[coluna1] - Coluna2: $consulta[coluna2]
"; } pg_close($conexao); } ?>
Observação
na versão 4.2.X a função pg_exec(); passou a se chamar pg_query(); mas pg_exec(); permanece funcional. Para saber a versão do PHP utilizada em seu site basta verificar as instruções presentes no link PHP na Locaweb.

Veja também