Diagnósticos simples de conexão

Introdução

Caso perceba que o acesso ao seu site parou inesperadamente ou ocorrem oscilações no acesso ao mesmo, ou até mesmo ao Painel de Controle, e que de outra rede acessa, é válido fazer alguns testes para diagnosticarmos problemas na rede interna ou provedor de internet.

Tipos de Teste

Diagnósticos simples de conexão Proxy externo

Esta ferramenta permite que acessamos qualquer endereço passando por uma rede externa, assim podemos identificar se o problema é somente em sua rede, ou se é global.

Abaixo segue uma lista de proxys, basta digitar o endereço desejado no campo da URL.

Diagnósticos simples de conexão Anonymouse

Diagnósticos simples de conexão Surfagain

Diagnósticos simples de conexão Megaproxy

Diagnósticos simples de conexão Hexaproxy

Diagnósticos simples de conexão 3proxy

Diagnósticos simples de conexão Ping

Através do ping podemos observar três situações, perda de pacotes, tempo de resposta e qual IP o domínio responde. Para inserir o comando de ping, primeiro abra o seu Prompt do DOS / Terminal.

Windows XP

Iniciar > Executar > E digite ‘cmd’ > Dê Enter.

Windows Vista/7

Iniciar > E digite ‘cmd’ > Dê Enter.

Exemplos

Para fazer o teste basta digitar ping seudominio, exemplo:

 C:/Users/fernando.brito>ping Videobes.com.br    Pinging Videobes.com.br [186.202.9.2] with 32 bytes of data:  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60    Ping statistics for 186.202.9.2:    Packets: Sent = 4, Received = 4, Lost = 0 (0% loss),  Approximate round trip times in milli-seconds:    Minimum = 0ms, Maximum = 0ms, Average = 0ms 

O comando ping padrão dispara somente 4 pacotes, para ter uma visão mais ampla de perda de pacotes e/ou tempo de resposta, podemos usar os parâmetros “-n”, que dispara N pacotes ou “-t”, que dispara pacotes até você der o comando de interrupção (Ctrl+C).

Exemplos:

 C:/Users/fernando.brito>ping -n 10 Videobes.com.br    Pinging Videobes.com.br [186.202.9.2] with 32 bytes of data:  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60   

 C:/Users/fernando.brito>ping -t Videobes.com.br  Pinging Videobes.com.br [186.202.9.2] with 32 bytes of data:  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Reply from 186.202.9.2: bytes=32 time<1ms TTL=60  Ping statistics for 186.202.9.2:      Packets: Sent = 6, Received = 6, Lost = 0 (0% loss),  Approximate round trip times in milli-seconds:     Minimum = 0ms, Maximum = 0ms, Average = 0ms  Control-C  ^C    C:/Users/fernando.brito>   

Neste caso podemos concluir que o acesso ocorre sem perdas de pacotes, com o tempo de resposta baixíssimo (teste feito local) e que responde pelo IP 186.202.9.2. Tempos acima de 200ms já pode representar falhas, e caso há perda de pacote, ao invés de “Reply from…”, a mensagem seria “Request timed out”.

Diagnósticos simples de conexão Tracert

Caso o ping retorne resultados suspeitos, o teste de tracert pode detalhar onde está o problema, para fazer o teste basta digitar tracert seudominio no prompt de comando do DOS, ou traceroute seudominio no caso do MAC/GNU-Linux.

Exemplo

 C:/Users/fernando.brito>tracert Videobes.com.br    Tracing route to Videobes.com.br [186.202.9.2]  over a maximum of 30 hops:    1     4 ms     1 ms     3 ms  187.45.253.1  2     1 ms     2 ms     1 ms  187.45.249.185  3    <1 ms    <1 ms    <1 ms  187.45.237.21  4    <1 ms    <1 ms    <1 ms  dist-ita07-97.br-ip.net [186.202.4.97]  5    <1 ms    <1 ms    <1 ms  9.202.186.in-addr.arpa [186.202.9.2]    Trace complete.    C:/Users/fernando.brito>   

Desta forma conseguiremos detalhar em que ponto da rota apresenta falhas como, por exemplo, tempo de resposta alto.

Diagnósticos simples de conexão Ping Externo

Para fazer o mesmo teste de ping informado anteriormente, só que partindo de outro local, basta acessar o site ping.eu e digitar o domínio.

Exemplo

Diagnósticos simples de conexão

Neste caso ocorreu tempo de resposta alto, porém normal, já que é uma requisição partindo de um outro país.

Diagnósticos simples de conexão Tracert Externo

Para fazer o mesmo teste de tracert informado anteriormente, só que partindo de outro local, basta acessar o site ping.eu e digitar o domínio.

Exemplo

Diagnósticos simples de conexão

OBS
1 – Aconteceu mais “saltos” pois se trata de uma requisição de outro país.
2 – Caso aconteça de não obter resposta em algumas requisições, pode ser por causa de um firewall que está configurado para bloquear pacotes ICMP.

Conclusão

Após fazer estes testes já teremos uma boa noção de como está o acesso ao site, seja interno (em sua rede) ou externo (fora de sua rede).

Com esses dados em mão podemos definir onde está o problema (caso haja algum). Por exemplo, se o tracert de sua máquina apresenta problemas e no tracert externo não, concluímos que realmente existe um problema em particular, e não global. Neste caso, dependendo do retorno do tracert, podemos definir se o problema está em sua rede interna ou no provedor de acesso.

Veja também