Access versus MS-SQL

Uma das questões que você tem que verificar com muito cuidado, antes de optar por uma base de dados em Access ou SQL, é o trafego gerado pelo seu site.

A própria Microsoft informa que o acesso a dados via DSN ou string de conexão em bases Access não deve ser utilizada em aplicações pesadas, devido ao acesso ser feito através de um processo interno do servidor, aberto a todos os usuários que utilizam o Access.

Isso torna-o mais instável, ao contrário de uma conexão via SQL, onde cada acesso tem um único processo vinculado.

No artigo http://www.microsoft.com/technet/prodtechnol/sql/2000/deploy/bldsysarch.mspx, a Microsoft fala sobre a escalabilidade do banco de dados MS Access, e no artigo http://support.microsoft.com/default.aspx?scid=kb;en-us;222135, a Microsoft indica o banco SQL Server para trabalhar com ambiente web.

Há também o fato de que o processo de acessar esta base de dados, que está no mesmo servidor do seu site, faz com que o processamento desta concorra com os de outras aplicações como servidores web e FTP.

O SQL pode oferecer uma conexão 24×7 ilimitada, além de ser ideal para grandes volumes de informações e acessos. Ele foi projetado para acessos elevados, pois a base de dados está em um outro servidor independente da máquina onde está o seu site.